terça-feira, 23 de junho de 2009

O vento.


Queria que fosse você
Quando ele me beija,
Quando ele me faz tocar,
Quando ele bagunça meus cabelos com paixão.
Queria, como ele, voar,
voar até você,
e peço para ele me levar,
Nas suas incessantes viagens no ar.
Mas inútil soa,
Voar com o vento
é o mesmo que não ir a nenhum lugar.

Um comentário:

  1. Que bonito isso minina Bárbula...
    Parabéns
    bj

    ResponderExcluir