segunda-feira, 26 de abril de 2010

Eu tenho vergonha pelas pessoas...



Eu tenho medo de gente "pseudo".

Pseudo-apaixonada;
Pseudo-amante;
Pseudo-mulher;
Pseudo-bruxa.

Medo sim.
Porque essas pessoas não sabem que fungos e monstros habitam dentro de suas mentes insanas.
Um belo dia elas olham para alguém e resolvem que ali está a solução de todos os problemas. 
Então sugam toda a energia e a alegria desta pessoa, como uma sanguessuga que só descrava os dentes da sua perna se você a queimar com um fósforo.
A pessoa se esvai do melhor jeito que a sanguessuga puder fazer:

Se você é sentimental, será uma escrava sentimental.
Se é alcoólico, será alcoolátra.
Se é pobre, ganhará tudo que puder te dar avareza.

Tudo isso para que você dependa da sua sanguessuga.
E você será submisso a ela.

Até que num outro belo dia você olha a sua volta e não vê mais ninguém.
Seus amores e amigos já foram embora, e sua sanguessuga já cansou de brincar de ioiô com seu corpo e com sua alma, e vai atrás da próxima paixonite-vítima que terá energias suficientes para seu vampirismo.

E você?


Será um eterno arrependido.

3 comentários:

  1. Aiiii chorei!!!
    Que lindo!!!
    E me vi em muitas das tuas palavras!!!
    Saudades do teu colo!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Jah fui sanguessuga e já fui sugado ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir